Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Segunda, 28 Novembro 2011 20:48

Pernambuco terá R$ 750 milhões para agricultura

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Da redação do Brasil 247

A agricultura familiar em Pernambuco terá R$ 750 milhões para investir até o final de 2012. Este foi o saldo de uma parceria firmada entre o Governo Estadual e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O valor é referente ao incentivo a produção e a comercialização dos produtos agrícolas dos pequenos produtores através de empréstimos, com taxas de 2%. Em Pernambuco, esta modalidade de cultivo é responsável pelo sustento de 83% da população rural e mais da metade da produção agropecuária do estado.

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) está disponibilizando R$ 650 milhões para o mundo rural em Pernambuco. Do total, R$ 370 milhões são para financiamento da produção e podem ser acessados por cooperativas, associações e agricultores. O restante deve ser destinado para operações de custeio. “Assentados e agricultores familiares são fundamentais neste projeto de nação includente, generosa e boa pra se viver que o governador, o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma lideram”, pontuou o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, sobre os investimentos.

Para este período, o programa oferece condições melhores de financiamento. A taxa de juros máxima foi reduzida de 4% para 2% e o agricultor tem até 10 anos para pagar e três anos de carência. Além disso, o limite de financiamento foi ampliado para R$ 130 mil. Para as operações de comercialização, o convênio assinado vai ajudar a transformar a Ceasa-PE em um Centro de Comercialização da Agricultura Familiar.

O plano de ações para a agricultura familiar ainda engloba a liberação de R$ 94 milhões. São R$ 53,3 milhões para o Programa de Aquisição de Alimento (PPA), R$ 37 milhões para a assistência técnica e extensão rural (ATER), além de investimentos para o crédito fundiário (R$ 2,7 milhões) e regularização fundiária (R$ 1,2 milhão).

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris