Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Terça, 14 Agosto 2012 15:20

FHB da Unipaz traz o tema “morte” como referência para estudo transdisciplinar inspirado na visão tibetana

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A visão sobre a morte pode ser mudada a partir da tomada de consciência sobre o que permanece. Esta é a abordagem científica do seminário “A Arte de Viver a Passagem”, um dos oito módulos da Unipaz (Universidade Internacional da Paz), idealizados pelo psicólogo francês, Pierre Weil, que será facilitado por Lydia Rebouças, no Recife, dias 24 e 25 de agosto, na sede da Unipaz-PE, no Rosarinho, dando continuidade à Formação Holística de Base (FHB) 2012.

O evento traz no conteúdo programático tópicos inspirados na cultura tibetana, com o célebre ‘Livro da Vida e da Morte dos Tibetanos’, que investiga a impermanência, a roda tibetana da vida, a clara luz e o bardo, além de outros temas. Psicóloga com 27 anos de experiência clínica, Lydia Rebouças é uma das fundadoras da Unipaz no Brasil e, atualmente, vice-reitora da instituição. As inscrições e informações sobre o curso podem ser obtidas na Secretaria da Unipaz pelos telefones 32442742 / 97251415 ou pelo site www.unipazrecife.org.br

O seminário “A Arte de Viver a Passagem” é voltado para aprendizes da FHB, educadores, psicólogos clínicos e transpessoais, além do público em geral. “O que será levado aos participantes possibilitará reflexões sobre a aprendizagem do viver e do morrer como estágios provisórios baseados na lei da impermanência e de que a morte, além de uma ilusão é uma grande oportunidade de transcendência”, explica a facilitadora do seminário, Lydia Rebouças.

Apoiando-se nas descobertas mais recentes da Psicologia Transpessoal e da Parapsicologia e para responder a perguntas existenciais como: O que estou fazendo aqui? qual o sentido da vida? o que há depois da morte? para onde vamos? Pierre Weil, pioneiro na Psicologia Transpessoal no Brasil, elaborou este seminário que segundo os organizadores, “aponta para as possibilidades que representam os intervalos existentes antes, durante e depois da passagem, para realizar a verdadeira natureza do espírito.

O investimento para associados é de  R$80,00, para aprendizes de R$ 120,00 e para não associado, de R$150,00. De acordo com o coordenador geral da Unipaz Recife, Manoel Serpa Durão, este seminário segue os preceitos do Colégio Internacional dos Terapeutas, “que não separa no ser humano o corpo, a psique, a consciência e a essência”.

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris