Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Sexta, 15 Março 2013 13:42

Museu da Cidade do Recife tem programação especial neste sábado. Programe-se!

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Museu da Cidade do Recife preparou uma programação especial para este sábado (16). Quem for ao espaço, que funciona no Forte das Cinco Pontas, no Bairro de São José, poderá visitar duas exposições. Para Recife – Década de 40, foram reunidas fotos da cidade, poesias, mapas e informações turísticas da época, enquanto a mostra Imagens do Recife – Pontes, com curadoria de Josivan Rodrigues, exibe 30 fotografias do acervo do Museu, datadas do início do século 20 até os anos 1980.

Quem optar por levar as crianças poderá aproveitar a companhia de um guia especial, às 10h e às 15h. Caracterizado como o militar português Barreto de Menezes, que recebeu a missão de ser o guardião do Recife, em 1654, o ator Douglas Duan levará os visitantes para conhecer o Forte e, através de brincadeiras, contará um pouco da história da formação do Recife, da invasão holandesa, da retomada dos portugueses e da Batalha dos Guararapes.  

 Às 16h, o público poderá assistir ainda ao documentário Doce Brasil Holandês, de Monica Schmiedt. O filme é uma coprodução entre Brasil e Holanda, produzido em 2010, e narra as raízes e as contradições do mito que se criou acerca da invasão holandesa em Pernambuco, no século XVII. Através de entrevistas com pesquisadores e conversas com pessoas comuns, tentam explicar o período de 24 anos em que os invasores estiveram por aqui (de 1630 a 1654) e a saudade que os recifenses dizem sentir da época.  

Segundo Betânia Correa de Araújo, coordenadora do Museu da Cidade do Recife, a proposta de promover programações especiais aos sábados é estimular as pessoas a visitar o espaço. “Queremos que as famílias venham, tragam seus filhos, que frequentem o Museu. Tanto as pessoas que moram na cidade como os que vem de fora também”, explicou.  

O Museu da Cidade do Recife fica na Fortaleza de São Tiago, popularmente conhecido como Forte das Cinco Pontas. A edificação, construída em 1630, é o símbolo da resistência holandesa. O museu destaca-se por conter em seu acervo documentos iconográficos de extrema importância para preservação da história urbana e social do Recife. A memória da capital pernambucana é representada através de cerca de 150 mil imagens e de peças provenientes de antigas residências e da Igreja do Senhor Bom Jesus dos Martírios, já demolida.

Educativo – Como parte das atividades de comemoração do aniversário do Recife o Museu da Cidade promove, até o dia 20 de abril, um programa educativo com o tema “Aqui se aprende a amar a cidade”. Através de uma visita teatralizada às dependências do Museu, crianças e adolescentes aprendem sobre os símbolos do Recife, como o hino e a bandeira, e conhecem não só as exposições, que contam a história do município, mas o próprio Forte das Cinco Pontas, que teve papel fundamental na formação e proteção da cidade.

As escolas interessadas em participar do Programa Educativo do Museu da Cidade, em homenagem aos 476 anos do Recife, devem agendar uma visita gratuita ligando para o número  (81) 3355-9543 .

O Museu da Cidade fica no Forte das Cinco Pontas, no Barro de São José, e funciona de terça-feira a sábado, das 9h às 17h.  A mostra fica aberta para visitação até 12 de abril. 

 Expo no Paço – O Museu da Cidade inaugurou também, na última terça-feira (12), a exposição “No fio do passo”, no Paço Alfândega, que fica no Bairro do Recife. A mostra traz um olhar antropológico do Recife, com projeções de imagens da cidade nos séculos 16, 17, 19 e 20.  

De acordo com a curadora da mostra, Betânia Correa de Araújo, a proposta desse trabalho é mostrar a formação do Recife, ao longo desses 476 anos, e como a vila, que tinha apenas poucas casas no istmo, atualmente abriga mais de 1,5 milhão de habitantes.

“Foi uma mostra elaborada com o propósito de encantar o público a partir do processo de organização das pessoas na cidade”, explicou.  A mostra fica aberta para visitação até 12 de abril, de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 12h às 21h. Acesso livre.

Serviço:

Museu da Cidade do Recife

Endereço: Forte das Cinco Pontas, Bairro de São José Visitação: de terça-feira a sábado, das 9h às 17h

Informações:  (81) 3355-9543 

Acesso livre

Exposição No fio do Passo

Local: Paço Alfândega, Térreo – Av. Madre de Deus, s/n, Bairro do Recife

Visitação: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 12h às 21h.

Acesso livre

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris