Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Segunda, 22 Abril 2013 19:47

Movimento Pró-Criança completa 20 anos

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Movimento Pró-Criança inicia as comemorações dos seus 20 anos com a realização de um evento nesta terça (23), a partir das 15h, aberto ao público, no auditório da sede do Pró-Criança dos Coelhos (Rua dos Coelhos, 317, em frente ao IMIP). Durante o encontro será apresentada a marca comemorativa em homenagem às duas décadas da instituição, além do balanço social e prestação de contas da gestão financeira da ONG do último ano. A abertura terá apresentação do Coral Pró-Criança.

Fundado em 27 de julho de 1993 pela Arquidiocese de Olinda e Recife, o MPC tem como objetivo promover o direito à cidadania das crianças, adolescentes e jovens em situação de risco ou abandono, na jurisdição dos municípios que compõem a Arquidiocese de Olinda e Recife ou a quem esta delegar, através de educação complementar e da oferta de oportunidade de inclusão social.

Através dos projetos realizados nas suas três unidades (Piedade, Coelhos e Recife Antigo) ao longo de 2012, o Pró-Criança beneficiou diretamente 1.335 crianças, adolescentes e jovens, além de 880 pais e/ou responsáveis.As atividades realizadas ao longo deste exercício, também contemplaram a parceria com a Universidade Federal Rural de Pernambuco para validação da nova missão, visão de futuro e valores do MPC e a análise do seu impacto no sistema institucional e os desdobramentos sobre as atividades gerais da organização.

No exercício de 2012 o Movimento Pró-Criança contou com o apoio de mais de 60 parceiros, compreendendo instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, empresas públicas e privadas e pessoas físicas.

Além destes, há 367.063 pequenos contribuintes que através de suas contas de energia elétrica (CELPE) e de água (COMPESA) têm efetivado as suas contribuições. No último ano essas contribuições representaram 66,59% do total da receita da instituição. Se acrescentarmos a esses números outros pequenos parceiros engajados através do Sistema de Telemarketing, Sistema Telemar Norte e Leste S/A, e outras contribuições avulsas, esse percentual se eleva para 80,33% do orçamento total do MPC.

O corpo técnico-administrativo que deu suporte as atividades do MPC neste período contou com a colaboração de 107 servidores, envolvendo 35 profissionais de nível superior (pedagogos, educadores, psicólogos, assistentes sociais, etc.), pessoal de nível médio e básico, além de 19 estagiários e 52 voluntários. Visando manter o sistema de capacitação dos seus funcionários, o MPC deu continuidade ao Projeto Auxílio Educação, através do pagamento de 50% das despesas com instituições ou mensalidades de seminários e cursos de curta e longa duração (Especialização, Mestrado, etc.). Em 2012 o investimento neste programa foi de R$ 42.229,40 (1,27% das despesas administrativas), tendo beneficiado 30 funcionários.

Da mesma forma foi investido no ano em assistência médica para valorização do quadro funcional do MPC o valor de R$ 248.389,19, representando um percentual de 5,91% das despesas administrativas.

O relatório que será apresentado nesta terça ressalta também a continuidade do Programa de Voluntariado do MPC, integrada com a Rede Pernambuco Voluntário, que conta com mais de 30 instituições, tendo realizado com o apoio do Pró-Criança, até dezembro de 2012, treze capacitações, onde foram preparadas 275 pessoas para realizar trabalho voluntário em diversas instituições integrantes da rede em Pernambuco.

No último ano de 2012, o Movimento Pró-Criança foi homenageado pela ONU e pelo Governo Brasileiro entre as instituições nacionais que mais vêm contribuindo através de seus projetos para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Neste aniversário de 20 anos do Pró-Criança, há muito o que comemorar, principalmente pela história de tantas vidas que mudaram ao longo destas quase duas décadas. Nomes como o do bailarino Wanderson Wanderley, que pode parecer desconhecido para os pernambucanos, mas na verdade o menino é daqui e está fazendo o maior sucesso na Áustria. Desde 2005 ele mora e trabalha, como bailarino, em Viena. Em 2006 foi contratado para integrar o grupo de dança da ópera “Carmen Cubana”. Agora dá aulas de dança por lá e está ensaiando para novas apresentações. São vidas assim que se misturam com a história do Movimento Pró-Criança e desses cinco senhores incansáveis.  

Há duas décadas o Movimento Pró-Criança, coordenado por um quinteto voluntário de senhores aposentados, de cabelos brancos e muita vontade de viver, vem atuando na Região Metropolitana do Recife, sendo considerada uma das principais estruturas do país no desenvolvimento sócio-educativo de crianças, adolescentes e jovens em situação de exclusão social, segundo pesquisa da Kanitz & Associados.

Através de atendimento e orientação médica, jurídica, psicológica e educacional e qualificação profissional são beneficiadas anualmente milhares de crianças e jovens.   Atualmente cada criança assistida pelo Pró-Criança, que sobrevive graças às doações de empresas e pessoas físicas, representa um investimento mensal de cerca R$ 150,00, garantindo aulas profissionalizantes e de arte, aulas complementares ao programa escolar trabalhadas de forma lúdica para incentivar um maior rendimento na escola, aulas de cidadania, alimentação e transporte. O valor médio varia de ano a ano.  

De acordo com o presidente da instituição, Sebastião Barreto Campello, um voluntário de mais de 80 anos, um dos principais passos que vem com o amadurecimento da maioridade é a realização de novas ações focadas principalmente no pós Pró-Criança. “Estamos em entendimento com financiadores e com o Sebrae, por exemplo, para desenvolver um programa de supervisão de crédito por voluntários para ajudar na abertura do próprio negócio para aqueles alunos que terminam os estudos”, explica. A abertura de vagas no mercado de trabalho através de parcerias também é outra iniciativa.  

O fotógrafo Júnior Santos é outro belo exemplo da luta dos cinco senhores que se destacam nesta matéria, ex-aluno da escola de fotografia do MPC, ganhou uma bolsa graças ao seu talento e está estudando na Suíça.

em a história de Maria Neves, que merece ser contada mil vezes.

Pernambucana da terra estudada por Josué de Castro, como tantos, quando criança ela saía muito cedo de casa com a mãe e os irmãos para pegar mariscos na maré, saíam às vezes sem comer, passavam a manhã inteira trabalhando e quando voltavam cozinhavam o que tinham conseguido juntar para vender e garantir o sustento da família. A mãe morreu quando ela tinha 11 anos. O pai biológico nunca a procurou.

Maria decidiu que ia mudar de vida e via nos estudos a possibilidade de crescer. Aos 12 anos conheceu o Pró-Criança e terminou indo parar em Nova Iorque, onde fez formação de um ano na escola Alvin Ailley, instituição famosa por ter tido como aluna a pop star Madona, entre outras personalidades. Depois Maria voltou pra cá por escolha própria e hoje é professora de dança e coreógrafa no mesmo lugar onde iniciou sua carreira, no Pró-Criança.  

Outras histórias de vidas que mudaram  

A arte como instrumento de mudança já desenhou muitas histórias de sucesso no Pró-Criança. Dos que ficaram por aqui, a bailarina Milze Costa faz parte atualmente do grupo de dança que se apresenta com Novinho da Paraíba e Jaciara Alves trabalha como professora de dança e produtora executiva, dando assistência a todos os cursos da escola de dança do Espaço Cultural Maria Helena Marinho. São histórias que só comprovam que a mudança é possível e que o primeiro passo é acreditar nela. O quinteto de cabelos brancos vem acreditando, trabalhando e comemorando junto com todos os jovens que vão desenhando novos futuros.

Desde 2004 que o Pró-Criança vem mantendo contatos com várias entidades austríacas, através da Organização Rosário da Luz. Em 2008, a chance apareceu para a passista pernambucana Bruna Renata, aluna do Espaço Cultural Maria Helena Marinho, que participou de uma série de apresentações em Viena, na Ferien Messe, a maior feira de turismo da Áustria.

Fundado em 27 de julho de 1993 pela Arquidiocese de Olinda e Recife, o Movimento Pró-Criança atua na Região Metropolitana do Recife e conta com três unidades localizadas nos bairros dos Coelhos, Recife Antigo e Piedade. “Estamos convictos de que, no ambiente dos 19 municípios desta Arquidiocese, existem recursos suficientes para solucionar o grave problema social das crianças “em situação de risco” e “em situação de rua”.

O Movimento Pró-Criança é uma tentativa de organizar estes recursos materiais e humanos, oferecendo a todos a oportunidade de fazer o bem, salvando vidas humanas”, enfatiza Sebastião Barreto Campello, presidente da instituição.  

Para participar das atividades oferecidas pelo MPC, os alunos precisam estar matriculados, em outro turno, numa escola pública regular.  

Projetos em andamento

Jovem Artesão

Objetivo: Formar jovens cidadãos na educação pela arte.

Nº. de Beneficiários: 100

Parceiro: Instituto Ayrton Sena

Parceiro: Coca-Cola   Unidade: Coelhos e Piedade  

Coca-Cola

Objetivo: Profissionalizar jovens no mercado de varejo.

Nº. de Beneficiários: 1155

Parceiro: Coca-Cola   Unidade: Coelhos e Piedade

Decolando na arte da vida

Objetivo: Capacitação de adolescentes e jovens em artes gráficas, plásticas, percussão, dança e corte e costura. (Desenvolvido em dois períodos)  

Nº. de Beneficiários: 210

Parceiro: INFRAERO

Unidade: Piedade

Reuso de Águas  

Objetivo: Captar, filtrar e reutilizar águas da chuva.

Nº. de Beneficiários: 150

 Parceiro: HSBC

Unidade: Espaço Maria Helena Marinho-Movimento Pró-Criança

Vida Nova  

Objetivo: Prevenção junto às crianças em situação de vulnerabilidade a ociosidade e a permanência nas ruas, oportunizando o desenvolvimento dos seus potenciais.  

Nº. de Beneficiários: 50

Parceiro: Governo do Estado

Unidade: Espaço Maria Helena Marinho-Movimento Pró-Criança

Mentoria  

Objetivo: Melhorar a qualidade de vida de crianças e jovens, apioando a Orquestra MPC (EMHM).

Nº. de Beneficiários: 150

Parceiro: Excelsior Seguros  

Unidade: Espaço Maria Helena Marinho-Movimento Pró-Criança

Direitos promovidos, criança com qualidade de vida  

Objetivo: Promoção da Cultura e Educação.

Nº. de Beneficiários: 300

Parceiro: Fundação Mapfre

Unidade: Coelhos e Piedade

Future First-Inventing in our children

Objetivo: Manutenção do Coral EMHM-MPC e Oficina de Reciclagem.

Nº. de Beneficiários: 150

Parceiro: HSBC/LOSANGO, UNINTS e TJ-PE.

Unidade: Espaço Maria Helena Marinho-Movimento Pró-Criança

Serviço:   Movimento Pró-Criança

www.movimentoprocrianca.org.br  

(81) 3412.8989

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris