Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Quinta, 30 Maio 2013 18:56

Motivos para deixar de fumar

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Nesta sexta-feira, 31 de maio, é celebrado do Dia Mundial Sem Tabaco. A data foi criada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para alertar as pessoas sobre os males provocados pelo consumo do fumo, que é o principal fator de risco evitável para as doenças cardiovasculares.

O cardiologista do Hospital Samaritano de São Paulo, Maurício Jordão, explica que a incidência de infarto do miocárdio é seis vezes maior nas mulheres e três vezes maior nos homens que fumam, pelo menos 20 cigarros/dia, quando comparados com não fumantes. “O hábito de fumar é pior para as mulheres. O risco de uma mulher ter doença cardiovascular é 25% maior que um homem”, afirma.

Outro dado destacado pelo especialista é que o risco relativo de uma pessoa fumante com 35 anos de idade morrer por causas cardiovasculares é 1,63 vezes maior comparado com não fumantes. “É interessante lembrar que o tabagismo passivo, ou seja, conviver com fumantes tem as mesmas consequências. O passivo tem 25 a 30% mais chances de infarto do que não fumantes”, ressalta Jordão.

O especialista do Núcleo de Cardiologia afirma que todo esse impacto do cigarro nos eventos cardiovasculares (infarto e AVC) deve-se a: modificações do perfil lipídico com aumento do LDL (colesterol ruim) e triglicérides, diminuição do HDL (colesterol bom) e aumento de resistência à insulina com maior risco para diabetes. “O cigarro também ativa o sistema nervoso simpático com aumento da frequência cardíaca, hipertensão arterial e aumento da capacidade de vasoconstrição.Todos os efeitos acontecem durante o ato de fumar”, destaca o cardiologista.

 

Veja os benefícios para o organismo ao parar de fumar:

Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;

Após 2 horas, não tem mais nicotina no sangue;  

Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;  

Após 2 dias, o olfato já percebe melhor os cheiros e o paladar já degusta a comida melhor;  

Após 3 semanas, a respiração fica mais fácil e a circulação melhora;  

Após 5 a 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou.

Última modificação em Quinta, 30 Maio 2013 19:06

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris