Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Terça, 06 Agosto 2013 13:34

Ter amigos ajuda a evitar dívidas, diz pesquisa

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Por Vitor Moreira, do Consumidor Moderno Consciente

Ao que parece, ser uma pessoa isolada não afeta apenas o lado emocional e o físico de um indivíduo, mas pode também mexer com suas finanças. De acordo com um estudo liderado por Rod Duclos, professor assistente de marketing da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong, pessoas excluídas tendem a tentar reconstruir suas conexões sociais através do dinheiro.

“Sociedades modernas são sistemas sociais complexos nos quais as pessoas obtêm o que querem através de dois principais meios, popularidade e dinheiro”, diz Duclos. O professor apresentou as novas informações juntamente com descobertas publicadas recentemente num estudo sobre o assunto na reunião anual da American Psychological Association, que aconteceu nessa semana no Havaí.

A pesquisa indica que quando as pessoas não se sentem conectadas com outras, elas normalmente tentam “comprar” satisfação, algo que as complete. Estudos anteriores já indicavam que esse tipo de situação leva indivíduos a comprarem produtos que simbolizam uma conexão com outros, como materiais com logos de time ou marcas que implicam status e certa popularidade perante a sociedade. Um dos experimentos, feitos com 35 estudantes, aponta também que quanto maior o sentimento de rejeição, maior é a ideia de que o dinheiro pode resolver problemas.

Já em outro levantamento, esse realizado com a abordagem aleatória de pessoas nas ruas de Hong Kong, indicou que pessoas que se sentem isoladas tendem também a se aventurar em investimentos mais arriscados, além de estarem mais propensas a gastar dinheiro em apostas, como loteria e cassinos. De acordo com Rod Duclos, essa tendência é explicada pelo fato de que quem se sente desconectado prefere aplicar seu dinheiro em coisas que podem gerar uma aceitação social maior, analisando o cenário dmaneira menos racional.

“A partir dessas descobertas, os consumidores podem querer evitar importantes decisões financeiras depois de um término de relacionamento ou de algum conflito com amigos”, reforça Duclos. “Por outro lado, consultar um amigo ou algum tipo de apoio social serviria para combater sentimentos de solidão”, acrescenta o professor. Por essas e outras, estar bem com as pessoas ao nosso redor não só ajuda a nos sentirmos incluídos, mas pode nos livrar das dívidas.

* Com informações da Time

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris