Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Quinta, 22 Agosto 2013 14:28

Exposição no Museu Murillo La Greca tem ação inclusiva para pessoas com deficiência visual e auditiva

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Está em cartaz até o dia 1º de setembro, no museu Murillo La Greca, a exposição  “Presente Passado Movimento: a dança de 80 pelo olhar do RecorDança”. Além da entrada gratuita, uma série de ações foram planejadas com o intuito de permitir o acesso a vários públicos. Uma delas é o educativo inclusivo, com recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual e auditiva, com a presença de um mediador inclusivo e um intérprete de libras. O educativo inclusivo acontece desta sexta (23) até domingo (25).

Outra ação é a articulação com escolas da rede pública municipal para levar estudantes para conhecerem a exposição. Essa ação está sendo feita em articulação com o projeto Bairro Escola, da Prefeitura do Recife, que vai levar ao todo cerca de 480 alunos, da 7ª e 8ª série de seis escolas da rede municipal. A mostra, inaugurada no último dia 15 de agosto, reencena iniciativas artísticas, políticas e de formação de alguns dos artistas e agentes da dança no Recife da década de 80 a partir de fotos e documentos históricos.

OFICINA – Outra iniciativa da exposição será a realização da oficina “RecorDança - Presente e passado: movimentos e alteridades”, ministrada pelas pesquisadoras Ailce Moreira, Elis Costa e Taína Veríssimo. A oficina vai trazer para discussão o conteúdo da exposição e colocar em diálogo com a realidade da dança hoje, a partir de dois eixos: articulação política e movimento estético. A oficina vai acontecer no sábado, 31 de agosto, das 14h às 17h. A inscrição é gratuita e pode ser feita por e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Esta é a primeira ação comemorativa promovida pelo RecorDança pelos seus 10 anos de atividades. Foi exatamente em 15 de agosto, uma década atrás, que nascia o trabalho do acervo. A ação faz parte do projeto “Imagens e Histórias da Dança nos Anos 80”, incentivado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo a Cultura - Funcultura.

A exposição “Presente Passado Movimento: a dança de 80 pelo olhar do RecorDança” apresenta diferentes movimentos que ocorreram na década de 80, com imagens e histórias da atuação política e dos esforços de profissionalização da Associação de Dança do Recife e do Conselho Pernambucano de Dança; bem como da produção artística de espetáculos de dança como Piazzolada (1983), O Anjo Azul (1983), A Toda Prova (1984), Senhora dos Afogados (1985), Quadros Vivos (1986), que promoveram diálogo e parcerias com artistas do Teatro, da Literatura, das Artes Visuais, da Música, etc.

Essas histórias são reveladas, principalmente, a partir do olhar de três fotógrafos que registraram a dança nesse contexto: Breno Laprovítera, Bosco Accetti e Marcos Araújo. Imagens que estarão em composição com outros documentos históricos catalogados pelo acervo, como programas de espetáculos, cartazes, documentos institucionais, matérias de jornal e trilhas sonoras. Uma exposição que propõe um ambiente interativo, propondo movimento para os seus espectadores, criando espaços cênicos fictícios, a materialidade de adereços, emolduramentos que realçam aspectos plásticos das cenas documentadas e visam proporcionar relações sensitivas - visuais, tácteis, auditivas - com os documentos em exposição. Uma proposta de movimentos no presente a partir de artefatos do passado.

O Acervo RecorDança é uma tentativa de juntar histórias, reescrevê-las e colocá-las a disposição para que outras pessoas possam conhecer. Umas emocionam, outras trazem nostalgia, e todas tem sua importância e seu lugar no mundo. O desafio do Acervo RecorDança, quando criado há 10 anos, foi trazer a tona parte dessas histórias que estavam guardadas nos corações e nos armários dos artistas que construíram o cenário da dança em Pernambuco.

E com uma década de dedicação ao trabalho de memória, o RecorDança constitui hoje um acervo com diversificados registros sobre a dança pernambucana e  com atividades de difusão dessa história pelo país, e pelo mundo.

Foram anos de entrevistas; digitalização e catalogação de vídeos, fotos, programas, cartazes, anotações, documentos históricos, jornais; publicação desses documentos em um site; publicação de catálogos; realização de palestras e mostras de vídeos; publicação de artigos e muitas outras atividades promovidas por diferentes equipes de pesquisadores que passaram pelo Acervo. Uma história dentro de outra história, e que hoje representa um dos acervos de dança mais conhecidos do Brasil.

RECORDANÇA - O RecorDança é um acervo que reúne fotos, vídeos e informações sobre artistas, grupos e espetáculos de dança produzidos em Pernambuco desde 1970 até os dias de hoje. O acervo foi inaugurado em 2003, sendo um dos pioneiros no Brasil na área de dança. Hoje, o acervo conta com uma equipe de oito pesquisadoras que se dedicam diariamente a catalogar, organizar, pesquisar e disponibilizar para o público as entrelinhas da história da dança pernambucana. Atualmente o acervo disponibiliza gratuitamente em seu site (www.recordanca.com.br) mais de 1000 fotos, 200 vídeos, 60 biografias, 13 históricos de grupos e 200 fichas de espetáculos referentes à criação de dança local.

Dentre suas atividades o acervo já promoveu a realização de duas publicações impressas com artigos históricos e com lista de seu catálogo de vídeos; distribuiu exemplares do acervo de vídeos para instituições culturais e de ensino do Brasil (UFPE, UFPB, Itaú Cultural, Acervo Mariposa) e do exterior (Acervo de Dança Colônia, na Alemanha). Além de realizar seminários, palestras, mostra de vídeos e outras ações que promovam a difusão da história e do pensamento dança produzido no Brasil. Um trabalho que desde o início tem sustentação a partir da Associação Reviva, que administra e realiza os projetos do acervo.

SERVIÇO:

Exposição Presente Passado Movimento: a dança de 80 pelo olhar do RecorDança Comemoração dos 10 anos do Acervo Recordança

Data: De 15 de agosto a  01 de setembro Horários: De terça a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h.     

Sábados e domingos, das 13h às 17h.

Dias para visitações com educativo inclusivo : de 16 a 18 de agosto e de 23 a 25 de agosto (sex, sab e dom)

Local: Museu Murillo La Greca Endereço: Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366 - Parnamirim, Recife – PE Fone: (81) 3355.3129

 

Oficina Presente Passado Movimento

Data: sábado, 31 de agosto Horário: das 14h às 17h

Local: Museu Murillo La Greca Endereço: Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 366 - Parnamirim, Recife – PE

Inscrições pelo e-mail: a@associacaoreviva.org.br

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris