Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Sexta, 06 Dezembro 2013 14:47

Zumbis são personagens de campanha contra o crack. Ajude a levar esta mensagem aos jovens!

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Zumbis invadem o Brasil em campanha contra o crackCom informações da Revista Exame
A Master Roma Waiteman criou uma campanha informativa sobre o crack para a Associação Parceria Contra Drogas (APCD) e Editora Aymará utilizando zumbis como mote.
Após inúmeras pesquisas do que havia sido feito no país e fora dele, a agência enxergou a falta de uma comunicação consistente, que apresentasse os problemas do crack para milhões de jovens e crianças que ainda não haviam experimentaram a droga.
“A campanha pensada pela agência procura informar numa linguagem apreciada por adolescentes, quais as armadilhas do crack, além de mostrar claramente a droga e ainda explica o mal que ela faz” conta Flavia Waiteman, sócio e VP de criação da Master Roma Waiteman.
No dia 22 de novembro, 60 salas de cinema da rede Cinemark em São Paulo, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Manaus e Salvador exibiram o trailer Zombie – A origem, que dá a entender ter sido rodado no Brasil.
Cerca de 100 mil pessoas assistiram ao trailer. Foram mais de 70 mil comentários no Twitter e outros milhares no Facebook e YouTube. A grande maioria partindo dos adolescentes, foco da campanha na expectativa do lançamento do filme. A peça também foi assunto dos principais blogs do país para o público-alvo, como o Não Salvo, Kefera, Superinteressante entre outros.
“O trailer sobre o primeiro filme de zumbis no Brasil deu inicio a uma campanha densa e consistente sobre o crack” relata Waiteman.
“Depois de chamarmos a atenção nas redes sociais apenas com o trailer de um minuto, lançamos o filme de sete minutos com os depoimentos que contam a origem do zombie no Brasil, que é o crack”, explica o criativo.
No dia 29 de novembro, o filme subiu para o canal do youtube onde antes estava hospedado o trailer. No roteiro, personagens caracterizados como zumbis contam histórias reais, retiradas de depoimentos verdadeiros de dependentes quimicos do crack. O filme figurou entre os 10 mais vistos do youtube no final de semana e na categoria Ativismo do canal ficou entre os 3 mais vistos do mundo. Em um final de semana os dois videos já somam 400 mil views, sem compra de mídia.
“Esperemos que esse conteúdo se propague pela rede por muito tempo. E em dois dias apenas ser capa no youtube, com 400 mil visualizações (sem dinheiro de mídia) mostra que o publico gostou do tema” comemora Waiteman.

 

A estratégia de mídia concentrou-se em Cinema, PR e Web.


Ficha Técnica
Cliente: APCD
Título: Zumbi – A Origem
VP/ Criação: Flavio Waiteman
Diretor de Criação: Tiago Frechiani, Hugo Barros
Redação: Erick Moneró, Fabio Nascimento
Diretor de Arte: Fabio Nascimento, Tiago Frechiani
Produção Gráfica: Felipe Lopes
Ilustrador: Guilherme Araújo
Manipulação 3D: Un Mariachi
Produção RTVC: Caio Baldini, Adriana Kordon, Tatiana Martins
Produtora de filme: O2 filmes
Produtora de audio: In Sonoris
Direção de Comercial: RodrigoMeirelles e Kiko Meirelles
VP/Planejamento: Marcelo Romanewicz
Web Design: Jimmy Nisgoski
Estrategia digital: IQ. Digital(Rica Grandi) Não Salvo (SID)
Atendimento: Patrik Shulze, Juliana Berthe, Juliana Cunha
Aprovação: Hiran Castello Branco, Luiz Roberto Ferreira Valente FIlho, Marylin Tatto, Isabel Lopes Figueira, Marcelo Arantes, Ana Paula Piccoli, Selma Costa
Cliente: APCD, Editora Aymará, Greenville.

Última modificação em Sexta, 06 Dezembro 2013 14:51

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris