Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Terça, 02 Março 2010 15:40

Retornando à vida

Escrito por  Taiza Brito
Avalie este item
(0 votos)

carta

Por Taíza Brito

A história de Marcos (nome fictício), recuperando da Fazenda Esperança de Garanhuns, é dolorosa como a de muitos outros internos que aceitaram tentar livrar-se da dependência química nas 58 unidades da instituição espalhadas pelo Brasil.

Com 26 anos, há dez ele havia mergulhado neste triste universo, causando muita dor a seus familiares, que nunca desistiram dele.

No final do ano, um pouco antes do Natal, ele resolveu atender ao pedido da sua avó e partir para a recuperação. Ele pediu ajuda depois de ter ficado sob a mira de um revólver apontado para sua cabeça por um traficante que foi à sua casa cobrar uma dívida.

Como ele já havia se desfeito de todos eletrodomésticos da casa da mãe, de muitos dos móveis, perdido o emprego, teve que arrombar com o próprio corpo o único quarto da casa em que havia móveis.

Daí conseguiu livrar-se da morte dando ao cobrador o colchão da cama da mãe, que estava em tratamento para depressão fora da cidade onde eles moravam, em uma das cidades do interior de Pernambuco.

Naquela ocasião percebeu quanto era profundo o lodaçal que havia mergulhado, afastando-se da família, de amigos, da profissão, dele próprio.

Assim, partiu para a Fazenda Esperança um pouco antes do Natal, de onde enviou a carta a seguir:

Oi mãe e vó. Feliz Natal e próspero Ano Novo. Desculpem por não ter escrito logo, pois quando pego no papel e na caneta começo a ficar muito sentimental e sensível.

Estou morrendo de saudade de vocês, mas ao mesmo tempo feliz porque tenho a certeza que vocês estão aí fora torcendo por minha recuperação, que graças a Deus está sendo ótima.

Estou voltando a me amar de verdade, sem medidas e limites, para poder retribuir o amor de todos, que mesmo nos meus momentos de insanidade fez com que vocês nunca deixassem de acreditar em mim e na minha capacidade de ser luz.

Mãe e vó me perdoem por tudo que eu já fiz vocês sofrerem. Eu amo muito vocês. Graças a Deus estou me encontrando novamente com a ajuda de Jesus Cristo, que era o que faltava para que eu voltasse a me encontrar.

Não está sendo fácil, mas não deixarei de PERSEVERAR. Porque tenho a certeza de que agora estou no caminho certo dentro da minha sã consciência.”

 

Última modificação em Quarta, 03 Março 2010 03:35

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris