Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Seminário: Brasil, questões e desafios atuais
Por Rede de Educação Cidadã

Entre os dias 20 e 21 de outubro, a Rede de Educação Cidadã realizará o Seminário: Brasil, questões e desafios atuais. A pauta central do evento é o debate sobre as raízes históricas da miséria e sua relação com o modelo de desenvolvimento em curso no país, identificando desafios atuais para a organização popular e o fortalecimento do Projeto Popular.

 A metodologia do seminário segue inspiração freireana, organizada em duas “Rodas de Diálogo” e três “Círculos de Cultura” em torno dos eixos consensuados para o debate. “O desenvolvimento em curso no Brasil” é tema da grande roda de abertura. O primeiro círculo de cultura terá como eixo o “Brasil sem pobreza e miséria” contando com contribuições de Márcio Pochman (Ipea), João Pedro Stédile (MST) e Graciela Rodrigues (Rebrip e Instituto Equit). O segundo tratará do tema “A democracia e a reforma do sistema político”, com Nathalie Beghin (MDS) e Roberto Vizentin (MMA e Contag). O debate no terceiro círculo girará em torno do tema “Educação popular, movimentos sociais e políticas públicas”, com Pedro Pontual (Secretaria Geral da Presidência da República), Vera Dantas (Aneps), Vanderlúcia Simplício (Pronera) e Osvaldo Peralta Bonetti (Ministério da Saúde). A síntese do aprofundamento e proposições de cada círculo embasará a segunda grande roda de diálogo, quando todas as propostas serão discutidas e consolidadas para encaminhamento.

Visando o aprofundamento do diálogo, serão explorados temas como a noção de bem viver, o desenvolvimento humano e a questão ambiental; a reflexão sobre o modelo de reforma política proposto pelo Congresso Nacional e pela Plataforma do Movimentos Sociais; a relação das questões estruturais do modelo de desenvolvimento com as questões e problemas atuais; e o compartilhamento de experiências de movimentos e organizações na busca pela construção de articulações e processos educativos.

Participarão do seminário a Comissão Nacional e o Talher Nacional, educadores/as populares da Recid dos estados e DF e mais três lideranças dos movimentos: Via Campesina, Marcha Mundial de Mulheres, indígenas, quilombolas, população de rua, catadores, LGBT, estudantes, pastorais sociais, Aneps, Mops, Coletivo Intervozes, Fórum Brasileiro de Economia Solidária, Meb e Cáritas Brasileira, além de outros movimentos nacionais convidados.

O Seminário Brasil é uma realização da Recid, Instituto Paulo Freire, Secretaria Geral da Presidência da República e Secretaria Especial de Direitos Humanos. Acontecerá nos dias 20 e 21 de outubro, no Centro de Formação Vicente Cañas-CIMI, em Luziânia Goiás.

Publicado em Viva Brasil

planta-no-livroNos dias 26 e 27 de abril, acontecerá o II Seminário de Agroecologia de Pernambuco, na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O ciclo de debates, que terá como tema central os novos rumos da agroecologia no estado, contará com mais de 300 participantes entre agricultores e agricultoras familiares, agrônomos, técnicos agrícolas, pesquisadores, professores, estudantes e integrantes de instituições governamentais e não governamentais. O evento servirá de base para a Carta do Recife e a Agenda Agroecológica de Pernambuco. O seminário é uma realização do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), UFRPE, Centro Sabiá, Diaconia, FASE, Projeto Dom Helder Câmara (PDHC), Embrapa, Fetape, MST, Fetraf, CUT Pernambuco, Caatinga, ASA Pernambuco, SERTA, Assocene, Consea/PE, Centro das Mulheres do Cabo, Cáritas Nordeste II.

Programação:

Segunda – Feira, 26 de abril

8h as 9h Inscrição, Montagem dos Painéis
9h às 10h
10:00 as 12:00

Cerimônia de Abertura

Conferência – Aprendendo com as experiências e construindo os caminhos da transição agroecológica em Pernambuco
Marcos Antonio Bezerra Figueiredo – UFRPE

14:00 a 16:00 Apresentação de Experiências de Agricultores/as

16:00 a 16:30 Café com ciência
16:30 a 18:30

19:30 a 21:30 Mesa Redonda I – A agricultura agroflorestal como estratégia de produção de alimentos e recomposição da paisagem rural
Jones Pereira– Associação Terra e Vida
Flávio Duarte – Sítio Canaã
Felipe Jalfim – PDHC/MDA)FIDA
Marcelino Lima – Centro Sabiá
Coordenador: Joseilton Evangelista - Diaconia

Palestra – Os desafios e oportunidades da Agroecologia num Planeta em Crise

Miguel Angel Altieri – University of California/SOCLA
Coordenador: Moisés de Melo Santana – DED/UFRPE

Terça – feira, 27 de abril
8h às 10h Mesa Redonda II – A contribuição e perspectivas do ensino, pesquisa e extensão em Agroecologia na formação profissional

Miguel Rangel Altieri – University of California/SOCLA
Angelo Bras Fernandes Callou – UFRPE
Francisco Roberto Caporal – ABA e DATER/SAF/MDA
Amaury da Silva Santos – Embrapa Tabuleiros Costeiros/ABA NE
Coordenador: Ruy Carlos do Rêgo Barros Ramos - IPA

10h às 10h30 Café com ciência

10:30 a 12:30 Mesa Redonda III – A multifuncionalidade do espaço rural e a construção de processos de organização político-social de jovens e mulheres
Cristina Buarque – Secretaria Especial da Mulher PE
Marli Almeida – Casa da Mulher do Nordeste
Maria de Lourdes da Silva – ASS. Quilombola Conceição das Crioulas
Jovem da Comunidade Quilombola Conceição das Crioulas
Coordenadora: Hulda Helena Coraciara Stadtler- Nega/UFRPE

12:30 a 14:00 Almoço
14:00 a 16:00 Grupos de Trabalho

16:00 a 16:30 Café com ciência
16:30 a 18:30 Mesa Redonda IV – As políticas públicas para agricultura familiar de base agroecológica no Estado de Pernambuco

Guilherme Cassel - MinistroMDA
Ranilson Ramos - Secretário de Agricultura e Reforma Agrária PE
Deputada estadual Ceça Ribeiro – Comissão Meio Ambiente /ALEPE
Antônio Barbosa - ASA
Doriel Barros – Fetape
Jaime Amorim - MST
Coordenador: Jorge Roberto Tavares de Lima - UFRPE

18:30 a 19:00 Plenária e Cerimônia de Encerramento
- Carta do Recife e Agenda Agroecológica de Pernambuco

Publicado em Blog

kakawerahTradições, cura e paz serão abordados no próximo seminário da Unipaz Recife, que traz como palestrante o índio de origem tapuia, terapeuta, escritor, e ambientalista, Kaká Werá.

O convidado vem proferindo palestras sobre os temas indígenas dentro do contexto mundial para a ONU e oferecendo importante contribuição no trabalho de resgate, defesa, difusão e o desenvolvimento da cultura indígena brasileira, tendo realizado projetos sociais com os povos nativos, mais especificamente das nações Guarani e Krahô. O evento tem como tema "Trilhas da Evolução: As Dimensões da Cura" e acontece dias 5 e 6 de março na sede da instituição que fica na Rua Enéas Lucena, 244, no Rosarinho, no Recife.

Kaká Werá Jecupé é fundador do Instituto Arapoty, organização voltada para a difusão dos valores sagrados e éticos da cultura indígena, membro do Colegiado e do Conselho da Unipaz (RJ), membro do CIT-Brasil, professor da disciplina de Tradição Ancestral Brasileira dos cursos da Unipaz (RJ), conferencista internacional, empreendedor social e autor de diversos livros. É índio txucarramãe (guerreiro-sem-armas), batizado entre os guaranis. Trabalha como terapeuta, fazendo uso da medicina nativa (a cura através das plantas), com as danças sagradas indígenas.

O Instituto Arapoty estuda as tradições ancestrais indígenas como forma de promover a eco-sustentabilidade e desenvolve projetos parceiros com o arquiteto Marcelo Rosenbaum, como o “João de Barro”, que procura elementos para a bioconstrução.

O seminário faz parte da grade de programação 2010 da Formação Holística de Base da Unipaz (Universidade Internacional da Paz) Pernambuco.

As inscrições podem ser feitas no site www.unipazrecife.org.br ou pelo telefone 3244.2742.

Publicado em Blog

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris