Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Segunda, 28 Novembro 2011 21:11

Site oficial em português é lançado pela ONU

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Sha-Zukang-405x270Da ONU Brasil

A pouco mais de sete meses da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), representantes da ONU e autoridades do governo brasileiro anunciaram o lançamento do site oficial da Rio+20 em português. Na ocasião foi reiterado o pedido para que os chamados “major groups” – empresários, ONGs, sociedade civil, entre outros – participem ativamente da Conferência, incluindo o processo preparatório.

“Temos muito trabalho pela frente”, afirmou o Diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Giancarlo Summa, referindo-se aos desafios logísticos e práticos a serem enfrentados até a realização da Conferência. Ele agradeceu ao Instituto Humanitare, representado no evento por sua Presidenta, Sheila Pimentel, pelo apoio no lançamento do site – o primeiro instrumento de informação da Rio+20 para o Brasil. Summa anunciou também o lançamento, na próxima segunda-feira (28/11), da campanha “O Futuro que Queremos”, no Palácio do Itamaraty, no Rio.

O Diretor da Divisão para o Desenvolvimento Sustentável da ONU, Nikhil Seth, afirmou que o novo site é “uma janela para a Conferência” e que as novas tecnologias da informação são essenciais para o sucesso do evento. Seth comentou as diferenças entre a Rio+20 e a Rio 92, realizada há vinte anos, destacando o crescente papel  dos “major groups”, responsáveis por “80% da Conferência”, segundo ele.

(Acesse o discurso aqui e aqui)

O Secretário-Geral da Rio+20, Sha Zukang, também destacou a importância dos “major groups” e fez um apelo para que eles continuem participando e enviando contribuições por meio do site e das redes sociais.

(Acesse o discurso de Sha Zukang em inglês clicando aqui)

Sha afirmou que nos eventos preparatórios para a Rio+20 foram definidos três pontos fundamentais para a Conferência: a implementação dos compromissos feitos em cúpulas anteriores sobre o meio ambiente (como a Rio 92 e a Conferência de Estocolmo); a integração do desenvolvimento econômico e social com a proteção ambiental; e a ação coerente entre governos e ministérios.

“Vamos fazer (da Rio+20) a maior conferência da história”

Os representantes do governo brasileiro reforçaram a disposição do país, em especial da cidade do Rio de Janeiro, em sediar a Conferência. O Prefeito do Rio, Eduardo Paes, citou uma série de ações em implementação na cidade, como a melhoria do sistema de transporte público e a inauguração de um centro de tratamento de resíduos sólidos, que seguem os princípios do desenvolvimento sustentável.

O Subsecretário-Geral de Meio Ambiente, Energia, Ciência e Tecnologia do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado, afirmou que a Rio+20 não significa apenas um olhar para os 20 anos desde a Rio 92, mas também para os próximos 20 anos. Para Machado, a atual crise mostra que o modelo de desenvolvimento precisa ser modificado. O Embaixador reiterou o compromisso do Brasil em contribuir com a Conferência. “Vamos realizar a maior e melhor conferência da história.”

Confira as fotos do evento aqui 

Última modificação em Segunda, 28 Novembro 2011 21:14

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris