Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Quinta, 05 Julho 2012 13:30

Doar toda vez que comprar! Este é lema de capanha de loja no Reino Unido

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Do Instituto Akatu

 
A rede de lojas de departamentos do Reino Unido Marks & Spencer, lançou em abril passado uma campanha de arrecadação de roupas que propõe ao cliente que ele se desfaça de peças de seu guarda roupa ao adquirir outras novas. A ação recebeu o nome de “Shwopping”, que, na tradução para o português, seria uma expressão resultante da junção das palavras “swap” (trocar) e “shop” (comprar).

A campanha foi desenvolvida em parceria com a organização internacional Oxfam. A instituição destinará as roupas arrecadadas para reciclagem, reutilização e revenda em mercados populares, como africanos e europeus, revertendo a renda destas ações para o combate à pobreza no mundo. A rede Marks & Spencer instalou cerca de 1.200 postos de coleta distribuídos entre suas lojas. Os postos aceitarão roupas em qualquer estado e de qualquer marca. Outros itens como sapatos, bolsas e acessórios, que podem ter seus materiais reaproveitados por meio da reciclagem e reutilização, ou que podem resultar em um valor de revenda significativo em feiras e bazares, também são aceitos nos postos de coleta.

Dentro do objetivo de contribuir para a diminuição da quantidade de roupas destinadas a aterros no Reino Unido – aproximadamente 114 mil itens por hora, segundo a empresa, a campanha pretende aumentar o tempo de uso e circulação destes itens entre as pessoas. A Marks & Spencer tem como meta reciclar uma peça de roupa a cada outra vendida – gerando um total de aproximadamente 350 milhões de peças recicladas por ano. Já com a revenda das peças, a Oxfam estima angariar 2 milhões de libras no mesmo período.

A iniciativa também marca presença no “Shwop Lab”, laboratório de moda sustentável da Marks & Spencer em parceria com o London College of Fashion’s Centre for Sustainable Fashion, que reúne designers, estilistas, formadores de opinião e consumidores em torno da criação e discussão de formas ambientalmente conscientes de se produzir artigos de moda. Segundo Helio Mattar, diretor-presidente do Akatu, iniciativas como esta mostram que é possível conectar os diversos pontos da cadeia produtiva contribuindo para a sustentabilidade do processo. “A campanha investe na mobilização das pessoas para que reflitam sobre o consumo. Com isso elas têm a oportunidade de se perguntar o que e por que estão comprando, de quem adquirem esses produtos, como os utilizam e de que forma os descartam. Ao fazer essas perguntas, começam a trilhar o caminho da consciência com relação aos seus hábitos de consumo”, completa Mattar.

A rede lançou ainda um aplicativo no Facebook para que os clientes possam se conectar e compartilhar suas experiências com a campanha. Através dele ou do envio de mensagens pelo celular, os consumidores podem concorrer a prêmios semanais de acordo com a pontuação recebida por suas doações de roupas. No Facebook os participantes também podem mostrar fotos de roupas pessoais que cogitam doar, para que outros usuários do aplicativo votem e opinem sobre a decisão de se desfazer ou não do item, estimulando a reflexão sobre o acúmulo excessivo de roupas ou o seu descarte exagerado frente às novidades da moda. Ainda que a ação proponha a troca de roupas antigas por novas, não é necessário efetuar compras para participar da campanha.

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris