Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Quinta, 09 Agosto 2012 15:25

Os adversários de Obama

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Por Cesar Vanucci *

Um radical é um homem com os dois pés firmemente plantados no ar.”
(Franklin Delano Roosevelt)

 

O Presidente Barack Obama não correspondeu, num olhar global, neste seu primeiro mandato, por vacilações e recuos deploráveis, às expectativas e esperanças que sua ascensão à Casa Branca, nas singulares circunstâncias conhecidas, ergueu mundo afora. Mas, mesmo assim, sua eleição para um segundo período governamental afigura-se mais palatável, numa percepção geral dos acontecimentos, do que a chegada ao poder de seu provável contendor. É só pôr tento no que os republicanos andam aprontando, em falas e gestos, pra se chegar, com facilidade e inocultável apreensão, a tal conclusão.
Os argumentos de que se valem os adversários do primeiro presidente negro estadunidense pra se contrapor aos avanços desejados ou já implementados pelo governo, na área da assistência à saúde, são de deixar atordoada qualquer pessoa com mediana sensibilidade social.
Eles não se pejam, jeito maneira, de rotular de “comunista” a prática de uma assistência médica com características universais, como acontece no Brasil com o SUS, favorecendo as camadas mais humildes da população. Classificam igualmente de indébitas e “socializantes” as tímidas intervenções oficiais em instituições financeiras acusadas de responsabilidade na deflagração da escandalosa bolha imobiliária que tantos impactos negativos produziu em tudo quanto é canto. As posturas dessas lideranças oposicionistas é nutrida por conceitos de vida extremamente retrógrados. As propostas que levantam, cortejando o voto das porções fundamentalistas do eleitorado, espalham no ar emanações bolorentas. As posições radicais que assumem conferem atualidade a uma magistral definição de Franklin Delano Roosevelt, que também arrostou incompreensões em face das políticas sociais implantadas em seu governo. “Um radical é um homem com os dois pés firmemente plantados no ar.”

 Por mais que renomados articulistas da mídia brasileira, sabe-se lá porque cargas d’água, recusem-se a caracterizar o afastamento do polêmico bispo Fernando Lugo da Presidência do Paraguai como um “golpe de estado”, o que aconteceu foi indisfarçavelmente uma conspiração das elites, valendo-se de filigranas jurídicas, pseudo constitucionais, em favor do retorno ao papel de protagonistas principais no palco político de grupos que, ao longo de décadas, empalmaram o poder. Tanto isso é verdade que, reconhecendo a anormalidade do ato praticado pelo Congresso guarani com suspeitoso açodamento, todos os paises da América do Sul, sem exceção, como fruto de consultas diplomáticas marcadas por celeridade pouco comum, não hesitaram em tornar pública quase que instantaneamente sua formal condenação ao que andou acontecendo no vizinho país.

 A União constituiu um grupo especial de procuradores com a missão de promover de modo sistemático a cobrança de dívidas, calculadas no montante de 28 bilhões, de que são legítimas credoras as autarquias e outras entidades públicas. Os devedores, empresas de diferentes setores, segundo o que foi entregue à divulgação, recorrem aos mais criativos instrumentos jurídicos imagináveis, com o apoio de bancas advocatícias renomadas, mode postergar pelo espaço de tempo mais dilargado possível os pagamentos devidos. A Advocacia Geral da República sustenta a necessidade de se montar uma estratégia de cobrança diferenciada, em caráter permanente, para acompanhar com chances de êxito os processos de execução dessas dívidas.
Essa decisão da União, pensando bem, deveria servir de inspiração ao Governo de Minas no sentido de vir a estruturar também um núcleo operacional em moldes parecidos. Um grupo de trabalho com as atribuições de conduzir negociações em torno da dívida ativa do Estado, hoje estimada em 30 bi, consoante informação recente do Sindifisco.


* O jornalista Cesar Vanucci (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ) escreve para o Blog Viva Pernambuco semanalmente.

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris