Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Terça, 30 Setembro 2014 20:04

Supermercado francês incentiva clientes a comprarem vegetais que iriam para o lixo

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Não estamos acostumados a levar para casa frutas e verduras que não tenham boa aparência. Por sua vez, quem comercializa estes produtos muitas vezes prefere jogá-los fora, contribundo para o desperdício de alimentos que poderiam ser aproveitados. No texto abaixo, publicado pelo site Ciclo Vivo (www.ciclovivo.com.br), é dado o exemplo de uma rede de supermercados francesa que está dando o que falar. Confira!

 

Do Ciclo Vivo

A rede de supermercados Intermarché, uma das maiores da França, criou uma campanha para incentivar a compra de vegetais que não estão com a aparência perfeita. A ideia era mostrar que os alimentos continuam nutritivos mesmo que estejam fora dos padrões tradicionais.

É comum que em pontos de venda os alimentos naturais passem por uma triagem estética que determina se eles vão ou não para as prateleiras. Nestes casos, uma mancha na pele, um amassado na casca ou anomalias genéticas, descartam totalmente a possibilidade de o vegetal ganhar destaque nas gôndolas.
A rede de supermercados francesa resolveu fazer o caminho inverso, como forma de reduzir o desperdício de alimentos. A proposta da campanha “Frutas e Vegetais Inglórios” era dar a esses itens o status de celebridade dentro das lojas. A estratégia era coloca-los junto aos alimentos em perfeita forma, mas oferecendo a possibilidade de o cliente que escolhesse pelos “rejeitados” tivesse 30% de desconto no preço do vegetal.
Além disso, o próprio supermercado fez sucos e sopas com as frutas e legumes, para mostrar que, independente da aparência, as propriedades nutricionais e o gosto permaneciam intactos. Isso serviu como um incentivo a mais para que os clientes arriscassem inovar na compra.
O resultado foi muito positivo. Em apenas dois dias 1,2 toneladas dos alimentos foram comercializados. As prateleiras ficaram vazias e os alimentos foram responsáveis por 24% das vendas da rede. A campanha ficou tão famosa que logo se espalhou pelas redes sociais e atingiu mais de 13 milhões de pessoas. Muitos veículos da imprensa francesa também noticiaram a ação e cobraram que ela fosse replicada em todos os supermercados como esforço para reduzir o desperdício de alimentos.
Veja o vídeo da campanha:


(Ciclo Vivo)

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris