Editor

.

Linha Editorial

  • "Mídia Construtiva é também lançar o olhar crítico sobre problemas, apontar falhas, denunciar. Contribuindo para a corrente que tenta transformar o negativo em positivo."

    Leia mais ...
Terça, 14 Fevereiro 2012 15:15

André Trigueiro lança Mundo Sustentável 2

AndreTrigueiroDo Mercado Ético

Onde a economia de baixo carbono já é realidade? Como medir o valor monetário dos serviços ambientais prestados pelos ecossistemas? Por que o país campeão mundial de água doce necessita de investimentos urgentes para evitar o colapso no abastecimento?

Essas e outras reflexões estão no mais novo livro do premiado jornalista ambiental André Trigueiro. Talvez a grande voz da sustentabilidade da atualidade no Brasil, ele lançou no último dia 13 de fevereiro, em São Paulo, o “Mundo sustentável 2 – novos rumos para um planeta em crise”. A obra reúne artigos do autor publicados em jornais e na internet, além de comentários e reportagens feitas na rádio e na TV.

Dessa vez, Trigueiro também convidou alguns notáveis da sustentabilidade para discorrerem sobre o tema. Entre eles estão o escritor indígena Marcos Terena e o sociólogo Sérgio Abranches. O prefácio ficou por conta de Washington Novaes, outro jornalista ambiental de grande destaque na mídia do país.

Leitura indispensável para todas as pessoas, preocupadas ou não com as questões socioambientais da Terra.

Todo o valor referente arrecadado com os direitos autorais de “Mundo sustentável 2” será doado para o CVV (Centro de Valorização da Vida), que está completando 50 anos de serviço voluntário de apoio emocional e prevenção do suicídio (www.cvv.org.br).

Publicado em Viva Brasil
Quarta, 27 Abril 2011 02:52

Cinco dicas para evitar o consumismo

consumidores250Da EcoD

Consumir de forma consciente e responsável é um dos grandes desafios desse século e passo fundamental para um mundo mais sustentável. Para ajudar os consumidores a repensarem suas escolhas e fugirem das compras por impulso, a ativista Sami Grover listou cinco hábitos simples de serem adotados.

“Em meus próprios esforços para comprar menos, poupar mais, e reduzir a quantidade de coisas que eu consumo, eu me vi desenvolvendo alguns hábitos e estratégias mentais para me perguntar o que eu realmente quero, e o quanto o quero”, destacou. 

1. Um pouco a menos

Pedir porções menores em restaurantes, comprar produtos em tamanho regular em vez do extra-grande, ficar com a TV menor. Todas essas ações são formas de reduzir nosso consumo material. Portanto, cada vez que fizer uma compra, se pergunte, você realmente precisa daquilo tudo?

2 . Semana sim, semana não

Outra dica da ambientalista é buscar alternar uma compra, sempre que possível. Não precisa deixar de consumir algo que goste, apenas reduzir a quantidade de vezes. “Em vez de comprar uma pizza para viagem toda sexta-feira, por que não tentar fazer isso uma vez a cada duas semanas?”, sugere. Além de eficaz, é uma boa forma de economizar dinheiro.

3. Procure alternativas

Se você é fã de hambúrguer, o que acha de experimentar uma versão feita com carne orgânica? Ou se não consegue vivem sem chocolate, por que não tenta um sem lactose? Existem muitas opções de produtos mais sustentáveis em todas as vertentes do mercado. Você não precisa abrir mão daquilo que gosta, basta encontrar alternativas menos agressivas ao planeta.

4. Evite a tentação

Não é de hoje que nutricionistas aconselham pessoas com sobrepeso a nunca irem ao mercado com fome e andarem sempre com uma lista de compras na mão. O mesmo serve para quem quer evitar o consumo desmedido. “Isso te ajuda a evitar compras por impulso, que são muitas vezes desnecessárias e pouco benéficas”, diz. A ativista ainda dá a dica de compras on-line para ajudar quem quer ir direto ao assunto e evitar pequenas tentações, além de economizar tempo e combustível.

5. Deixe pra depois

Esperar um tempo antes de sacar o cartão de crédito pode ser uma ótima maneira de avaliar o que você realmente precisa, especialmente se forem grandes compras. Mesmo que você só adie um mês a compra daquela geladeira, ventilador ou TV nova, esses objetos já serão um mês mais novos e suas vidas úteis também serão maiores (mesmo que só um pouco). O mesmo pode ser feito para as compras de mercado. Deixar para depois pode ter ajudar a perceber o que é realmente necessário e o que é apenas vontade passageira.

Publicado em Blog

twitter

Apoio..................................................

mercado_etico
ive
logotipo-brahma-kumaris